Erros mais frequentes (parte II) G-N

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Erros mais frequentes (parte II) G-N

Mensagem  flipsoza em Seg Set 29, 2008 8:18 am

"GHETTO"
Forma aportuguesada: GUETO. Pode ter significação pejorativa: "ghetto homossexual", "ghetto intelectual".
GALICISMOS
Evitáveis, sobretudo se há a palavra correspondente em português vernáculo. Cf. PROPRIEDADE. [Vide Guia Essencial da Língua Portuguesa para a Comunicação Social, de Edite Estrela e J. David Pinto Correia]
GÁS
...e não "gaz".
GENTÍLICOS
Os nomes que exprimam "proveniência" ou "naturalidade" grafam-se com caixa baixa e, no caso dos compostos onomásticos, levam sempre hífen. [Exemplos de casos normalmente mal empregues: afegão, albicastrense, azerbaijanês, calipolense (de Vila Viçosa), cingalês, corso, famalicense, fijiano (e não "fidjiano"), frexenista, gibraltino, lituano, milfontense, nicaraguano, panamense, paranaense, penafidelense, picuense, ponta-delgadense, são-luisense, são-tomense, sariano, tangerino, turinês, vila-franquense, viseense, zimbabuense].
GINECEU
...e não "geneceu". Cf. GRAFIA.
GORJETA
...e não "gorgeta".
GRAFIA
[1 - Algumas palavras de grafia difícil: abcesso (ou abscesso), acessível, ascensão, burburinho, calidoscópio, calvície, cassetete, circuncisão, digladiar, dirimir, displicência, dissensão, estultice, estupro, excepção, extemporâneo, fratricídio, lentejoula (e não "lantejoula"), feiticismo (e não"fetichismo"), idiossincrasia, pantomima (e não "pantomina"), pexote (e não "pixote"), privilégio, réstia (e não "réstea"), susceptível, surripiar, zulo (e não "zulu"), etc. 2 - Palavras de grafia dupla: abdómen/abdóme, espécimen/espécime, regimen/regime] cf. PRONTUÁRIO.
GRAMA
O grama e não "a grama", masc. e não fem... Como drama, monograma, fotograma, programa, telegrama. Dif. de planta rasteira rizomatosa.
GRANJEAR
...e não "grangear".
GUISAR
...e não "guizar".

HALTERE
Dif. de ALTERE.
HAVER
1. No sentido de existir , é impessoal e fixa-se na 3.ª pessoa do singular ["Há muitas pessoas aqui"]. 2. Nas formas compostas, o verbo haver transmite a sua impessoalidade ao verbo acompanhante ["Deve haver problemas"]. Cf. Cf. VERBOS.
HECTARE
...e não "hectar". Cf. BARBARISMOS.
HESITAR
...e não "exitar".
HÍFEN
As regras do emprego do hífen são numerosas e das mais complexas da língua portuguesa (por analogia, servem igualmente para formar novas palavras: pluriemprego, neomodernistas). Indispensável o recurso constante a um prontuário ortográfico. Cf. As regras do hífen I e As regras do hífen II.

HILARIDADE
...e não "hilariedade". Cf. BARBARISMOS.
HIROXIMA
...e não "Hiroshima".
HOMO
Nunca precede hífen [homossexual, homotáxia]. Cf. HÍFEN.
HOMÓFONAS
[Erros mais comuns com palavras com grafia parecida e sentido diferente: aço (liga de metal), asso (verbo assar); acento (sinal ortográfico), assento (lugar para sentar; verbo assentar); bucho (estômago de certos animais), buxo (planta); cegar (perder a vista), segar (ceifar); era (verbo ser), hera (planta); cervo (animal), servo (criado, escravo)].
HUMANITÁRIO
Relativo à humanidade, em prol da humanidade. Por exemplo: «Ajuda humanitária», «missão humanitária». Por isso, é erro crasso trocar o adjectivo HUMANITÁRIO pelo adjectivo HUMANO em frases como «miséria humana (e não "humanitária")» ou «tragédia humana (e não "humanitária")».


-IZAR/-(IS)AR / (-iz) + ar
Trata-se de dois sufixos distintos. formal + izar = formalizar; suav(e) + izar = suavizar; rubor + izar = ruborizar;anális(e) + ar = analisar; avis(o) + ar = avisar; paralis(ia) + ar = paralisar; a + juízo + ar = ajuizar.
IATE
Melhor do que "yacht". Cf. NEOLOGISMOS.
IDEIA
...No Brasil, "idéia".
ILAÇÃO
...e não "ilacção".
ÍMAN
No Brasil é ímã.
IMEDIATO
...e não "de imediato". Talvez melhor: imediatamente. [Tornou-se um modismo e pode ser substituído com vantagem por outras expressões de sentido equivalente: desde logo, logo, a seguir, etc...
IMÉRITO
Dif. de EMÉRITO.
IMERSÃO
Dif. de EMERSÃO.
IMIGRAÇÃO
Dif. de EMIGRAÇÃO.
IMINENTE
Dif. de EMINENTE [" Um perigo iminente", "um cientista eminente"].
IMPLEMENTAR
É um anglicismo mal formado e sem sentido específico em português. Pode significar tudo: adoptar, começar, completar, desenvolver, executar,instaurar, tomar, vigorar, etc. etc. Em nome da propriedade, é aconselhável a adopção da palavra (mais) adequada...
INCLUSIVE
...e não "inclusivé".
INDISPENSÁVEL
...e não "indespensável".
INFLAÇÃO
...e não "inflacção".
INFRA
As palavras compostas com este prefixo levam hífen, quando o segundo elemento começa por vogal, h, r ou s: [infra-som, infra-estrutura; infravermelhos]. Cf. HÍFEN.
INSOSSO
...preferível a "insonso".
INTER
As palavras compostas com este prefixo levam hífen, quando o segundo elemento começa por h ou r. [interempresas; inter-resistente]. Cf. HÍFEN.
INTERCEPÇÃO
Dif. de INTERCESSÃO.
INTERVEIO
...e não "interviu"; INTERVINDO e não "intervido". [Intervir conjuga-se como vir: intervenho, intervéns, intervém; intervim, intervieste; interveio, intervindo. São também compostos de vir: advir, avir, convir, desavir, desconvir, entrevir, sobrevir].
INTRA
[intra-uterino; intramuros].
INVEROSÍMIL
pl: INVEROSÍMEIS.
INVOCAR
...e não "evocar".
IOGA
...e não "yoga".
ÍPSILON
...e não "ipslon".
IRISAR
...e não IRIZAR (relativo a doença do cafezeiro).
IRRUPÇÃO
...e não "irupção".
ISOTÉRICO
Dif. de ESOTÉRICO e de EXOTÉRICO.

"JEANS"
Já aportuguesada: JINES. Cf. NEOLOGISMOS.
JEITO
...e não "geito".
JEROPIGA
...e não "geropiga".
JUIZ
...e não" juíz"; fem.: juíza; plural: juízes.
JÚNIOR
Com acento; pl.: JUNIORES, sem acento. E também sénior-seniores.
JUS
...e não "juz".

"LEITMOTIV"
O plural é "leitmotive".
LAÇADA/LAÇO
Dif. de LASSADA/LASSO.
LATINISMOS
[Algumas expressões latinas mais utilizadas:"ad hoc" - para isso, para tal fim, de propósito; "a posteriori" - pelas razões que vêm depois; "a priori" - pelas razões anteriores; "deficit" - falta; défice; saldo negativo num orçamento; "ex aequo" - com igual mérito; "facies" - aspecto, semblante, expressão; "grosso modo" - de modo grosseiro, por alto, pouco mais ou menos; "honoris causa"- a título de honra; "ibidem" - aí mesmo (quando se faz uma citação de um livro já citado); "idem" - o mesmo; "in loco" (no lugar, no mesmo lugar); "ipsis verbis" - pelas mesmas palavras; "lapsus linguae" - lapso de língua (para justificar uma falta); "lato sensu" - em sentido lato; "motu proprio" - espontaneamente; "per capita" - por cabeça; "sine die" - sem dia, sem data fixa; "sine qua non" - condição (sem a qual, não) indispensável; "statu quo" - o estado em que as coisas estão; "stricto sensu" - em sentido estrito; "superavit" - saldo positivo, excesso; "urbi et orbi" - por toda a parte (à cidade e ao mundo); "numerus clausus" (número fechado, limitado)].
LAZER
...e não "laser". Dif. de laser (no original inglês: light amplification by stimulated emission of radiation).
LÊEM
...e não "lêm".
LIÇA
Dif. de LISSA.
LINGUISTA
...e não "linguísta".
LISONJEAR
...e não "lisongear".
LOGÓTIPO
... e não "logotipo".
LOJISTA
...e não "logista".

"MEDIA"
Plural da palavra latina "MEDIUM" (e não o "media"/os "medias"). Inaportuguesável (órgão de comunicação social), ao contrário do derivado MEDIÁTICO. Que se pronuncia "média" - e não "mídia", à inglesa.
M
Consoante que, entre outras particularidades, se dobra nos advérbios de modo formados a partir de adjectivos terminados em m [comummente, ruimmente].
MACARTISMO
...aportug. de "McCarthysm".
MACIÇO
...e não "massiço" nem "massivo", do fr. "massif".
MACRO
Os compostos de macro nunca levam hífen, excepto se a palavra seguinte começar por r. [Macroeconomia, macro-região; excepção à regra: macro-história]. Cf. HÍFEN.
MAGNATA
...o m.q. MAGNATE. Cf. NEOLOGISMOS.
MAIS BEM/MAIS MAL
1. Antes de adjectivos-particípios, utilizam-se, de preferência, estas formas dos advérbios bem e mal ["Mais bem alimentado", "Estas paredes estão mais bem pintadas do que as outras".] 2. Em caso de posposição, porém, só se empregam as formas sintéticas dos respectivos comparativos ["As paredes das salas estão pintadas melhor do que as do quarto".]
MAIS-VALIA
Aumento de valor adquirido por uma mercadoria ou por um bem patrimonial por influência de factores/fatores estranhos ao proprietário. Adaptado pela gíria do futebol [cf. FUTEBOLÊS], no sentido de reforço, craque, valioso, etc. Dif. de «mais valia estar calado».
MAJESTADE
...e não "magestade".
MAL-
Prefixo que obriga ao emprego do hífen apenas antes de vogal e H [mal-afamado,mal-entendido, mal-estar (e não "mau estar"), mal-humorado (e não "mau-humorado"); mas: malcheiroso, maldisposto]. HÍFEN.
MANDADO
...de captura.
MANDATO
...eleitoral...judicial.
MANJERICO
...e não "mangerico".
MANJERONA
...e não "mangerona".
MANTÉM-SE
...e não "mantem-se", pl: mantêm-se (e não "manteem-se").
MAQUETA
...e não "maquete". Cf. NEOLOGISMOS.
MAXI
...sem hífen [maxissaia]. Cf. HÍFEN.
MEGA
...também sem hífen [megahertz, megalómano, megatonelada, megapolis]. Cf. HÍFEN.
META
Prefixo que nunca precede hífen [metafísica, metalinguagem, metapsíquico]. Cf. HÍFEN, excepto antes de h.
METEORO/METEOROLOGIA
...e não "metereologia".
MICRO
Prefixo que nunca emprega hífen [microempresa, microcirurgia, microonda e não micronda, microrregião]. Cf. HÍFEN.
MINERALOGIA
Dif. de MINERALURGIA.
MISCIGENAÇÃO
... e não "miscegenação".
MISOGINIA/MISÓGINO
...e não "misogenia"/"misógeno".
MORFO
...sem hífen [morfomania, morfossintaxe]. Cf. HÍFEN.
MOTO
...sem hífen [motobomba, motociclismo, motonáutica, motorreactor]. Cf. HÍFEN.
MULTI
...também sempre sem hífen no caso de conceitos autónomos [multissecular, multirracial]. Cf. HÍFEN.

NA MEDIDA EM QUE
Modismo dispensável.
NECROTÉRIO
Preferível a morgue.
NEO-
Prefixo que conserva o hífen quando o segundo elemento da palavra tem vida à parte e começa por h, r, s ou vogal [neo-escolástica, neo-helénico, neo-republicano, neo-socialista; mas: neobarroco, neogótico, neofascista, neologismo e neomoderno. Cf. HÍFEN].
NONAGÉSIMO
...e não "nonagessimo".
NONGENTÉSIMO
Ordinal de 900.
NOVA IORQUE
...e não "Nova-York" [nova-iorquino].
NOVEL
...e não "nóvel".

afro

_________________
(\__/)
(='.'=) This is Bunny. Put him in your signature and
(")_(") help him on his way to world domination.

flipsoza
Admin

Masculino Número de Mensagens : 70
Idade : 37
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário http://tertulia.omeuforum.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum